Sistemas operacionais: Porque utilizar Linux na frente de caixa?

Esta semana surgiu uma questão com um colega de trabalho da minha equipe, a questão era o porque de utilizarmos Linux na frente de caixa (lembrando que trabalho em uma empresa de varejo) ao invés do Windows? Em resposta citei alguns exemplos de vantagens e desvantagens de um sistema operacional e outro, conforme a nossa aplicação. Segue alguns motivos para o Linux ser utilizado na frente de caixa (não somente onde eu trabalho).

Licença

O Linux possui distribuições (ou versões) pagas e gratuitas, mas a grande maioria, além de ter a vantagem de ser gratuita, qualquer um pode alterar o código fonte do sistema e compilar uma versão personalizada sem o risco de ser processado (tente fazer isso com o Windows legalmente…). Já o Windows, exigiria licença para uso! Vamos supor que nós temos 10 lojas, cada uma com 10 PDV’s e cada licença custe R$ 300,00. Isso geraria um custo de R$ 3.000,00 por loja e R$ 30.000,00 no total de todas as filiais. Além do fato de desembolsar mais R$ 3.000,00 (apenas em software) por cada nova filial aberta futuramente.

Tendo em vista que o Linux é gratuito e atende 100% da nossa necessidade, é sempre bom economizar R$ 30.000,00 não é?

Segurança

Todo mundo sabe que o Linux é mais seguro (e estável) do que o Windows. Não que o Linux seja 100% seguro, afinal, nada é 100% seguro, mas posso afirmar que é pelo menos 97% mais seguro que o Windows, desde que seja bem administrado.

Toda empresa que trabalha com Windows já teve ou terá problemas com vírus, na maioria das vezes causados pelos próprios usuários do micro. Vírus os quais na maioria das vezes se multiplicam e acabam infectando diversos micros na rede (eu mesmo já enfrentei problemas do tipo), mas mesmo com uma infecção nos micros Windows da parte administrativa, os computadores da frente de caixa tem uma chance mínima de serem infectados e prejudicarem as vendas da loja.

A parte administrativa pode ficar parcialmente parada alguns minutos, ou até mesmo algumas horas, mas as vendas não vão parar tão facilmente.

Conhecimento geral

O conhecimento do sistema acaba entrando na parte de segurança. Hoje em dia se você colocar uma criança de 10 anos na frente de um micro Windows, ela sabe fazer muita coisa, pelo fato do Windows ser um sistema operacional preferido por grande parte dos usuários finais. Já o Linux é um sistema que acaba tendo uma menor usabilidade para usuários leigos ou mesmo intermediários, mas que são acostumados com o Windows.

Mas, porque o conhecimento entra na parte de segurança? Por experiência própria, existem muitos adolescentes com muito tempo livre, que vivem na internet procurando ferramentas “hacker” e caçando micros com vulnerabilidades antigas e conhecidas para “brincar”.

Como o Linux possui mair segurança e estabilidade, como foi dito um pouco acima, micros com Linux estão menos propícios a ataques deste tipo (lembrando, desde que bem administrados…).

Conhecimento intra equipe

Geralmente profissionais Windows que começam a trabalhar com Linux podem ter certa dificuldade em aprender sobre o sistema, por isto é de grande importância que uma equipe sempre troque conhecimentos e experiências sobre o sistema, não só com que tem o costuma de trabalhar com Windows, mas também com quem trabalha com Linux a menos tempo. Dar treinamentos de básicos a avançados a todos os membros da equipe é sempre de grande valia, afinal, uma boa equipe é formada por integrantes que ajudam uns aos outros.

5 Comments

  1. Ricardo Santos
      • Lene

Leave a Reply