Vírus bloqueando o Gerenciador de tarefas? Gpedit.msc ajuda!

Do mesmo modo como sistemas operacionais e outros softwares são desenvolvidos e melhorados a cada dia, os vírus e programas maliciosos também evoluem, porém a evolução dos vírus é muito mais rápida do que qualquer outro tipo de software.

Hoje em dia existem vírus que desativam certos recursos administrativos do Windows, um dos recursos de gerenciamento que mais é afetado é o Gerenciador de tarefas, pois como o próprio nome já diz, ele permite fazer o gerenciamento das tarefas executadas no Windows, assim como processos (programas), serviços e até mesmo um controle básico do tráfego de rede. Com o gerenciador de tarefas inativo, a detecção de um vírus e a remoção do mesmo acaba sendo dificultada.

Uma grande de softwares maliciosos que desativam o Gerenciador de tarefas é que mesmo após a remoção do mesmo (manual ou por um anti-vírus), o gerenciador de tarefas continuará inativo e caso você tente abrir o gerenciador de tarefas, o sistema retornará a mensagem “Gerenciador de Tarefas Desabilitado pelo Administrador”.

Para resolver tal problema, podemos utilizar softwares alternativos, ou o “Editor de diretiva grupo local” (Gpedit.msc).

1 – Abra o “Executar” (WinKey+R), digite “Gpedit.msc” e pressione a tecla “Enter”. Será aberto o “Editor de diretiva grupo local”
2
– No menu da esquerda, localize “Configuração do Usuário” -> “Modelos Administrativos” -> “Sistema” -> “Opções do Crtl+Alt+Del”.
3 – Ao selecionar a opção acima, na parte direita, clique duas vezes sobre a opção “Remover Gerenciador de Tarefas”
4 – Uma nova janela irá se abrir, com as opções “Não Configurado”, “Habilitado” e “Desabilitado”. Selecione a opção “Desabilitado” e clique em “OK”

Pronto, seu gerenciador de tarefas já estará ativo novamente!
Obs: As versões mais básicas do Windows (Starter e Home) não possuem o Editor de diretiva grupo local.

Leave a Reply